Utilizamos cookies próprios para melhorar os nossos serviços, através da análise dos seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita a sua utilização. Pode obter mais informações na nossa Política de Privacidade.Saiba mais
Aceito

Sistema de Ensaios de Equipamentos | Selmatron, S.A.

 

Casos de Estudo

Voltar

Sistema de Ensaios de Equipamentos

Solução de automação industrial para produção e teste de garantia de qualidade

O presente projeto tecnológico implicou o envolvimento de todas os departamentos de engenharia da Selmatron no planeamento e conceção de um sistema de automação integrada para produção e teste de componentes, concebidos para aplicações da indústria automóvel.

O briefing da equipa de engenharia resultou no projeto tecnológico preconizado por um sistema segregado por 5 estações de trabalho, com objetivos de trabalho diferenciados, interligados por um sistema híbrido de manipulação idealizado para a recolha do componente do sistema de transporte e colocação num JIG operacional. Com base nos requisitos iniciais, foi implementado um sistema de transporte que assegurasse um fluxo de trabalho ininterrupto, com um buffer de produtos capaz de manter o sistema funcional e libertar o operador para outras tarefas.

A mesa de indexação garante o posicionamento preciso e capacita o equipamento para a utilização de JIG’s de troca rápida, para suporte a novas referências.

 

Solução Tecnológica

  • Tela de transporte

Transportadores em tela para realização de operações de entrada e saída de componentes, com uma cadência mínima para limitação de paragens.

  • Mesa de indexação

Mesa rotativa para indexação de componentes, com 16 posições alternadas e suporte para 2 referências.

  • Sistema de manipulação

Solução de manipulação mecanizada composta por diversos pontos, entre os quais, eixos elétricos, atuadores pneumáticos, sistema de vácuo e pinças mecânicas, que fazem a deslocação dos componentes conforme a necessidade do processo.

  • Estação de testes de alta voltagem

Posto para testes de alta voltagem nos componentes de forma a assegurar a sua funcionalidade.

  • Estação de marcação a jato e verificação

Posto com controlador de impressão por jato de tinta para identificação dos componentes e sistema de verificação de impressão.

  • Estação de rejeição

Rejeição de produto não conforme, com distinção por categoria de defeito assinalado, suportado com um sistema de acumulação.

 

Conclusão

A inclusão deste equipamento na linha de produção do cliente, automatizando uma série de processos anteriormente manuais, possibilitou criar uma mais-valia competitiva do produto em questão, que por sua vez impulsionou a sua posição numa cota de mercado mais relevante na sua especialidade.

A automatização e validação dos processos introduzidos no equipamento em união com a flexibilidade do design, permitiu a expansão a novas variantes do produto para os quais a máquina tinha sido previamente desenhada.

O sucesso deste projeto traduziu-se na replicação da solução para ser implementada numa novo unidade industrial.